Slide Down Menu HTML by Css3Menu.com

 

TROVAS

VERA MARIA VIANA BORGES

(Trova - quatro versos setissílabos rigorosamente metrificados e rimados)

 

PROFESSOR, ENSINE VERSIFICAÇÃO A SEUS ALUNOS!

 

 

Do feio, o bonito fala
Em questão que muito dura,
O pobre ao rico se iguala
No fundo da sepultura.
Helena, a vovó declara
Que os anjinhos precursores,
João Pedro e Maria Clara
São também nossos amores.
 
Você com arte e sapiência
Faça o bem, ame a Jesus,
Viva com amor e prudência,
Seu caminho terá luz.
Meu país, Brasil amado,
Das nações, razão primeira,
Com orgulho hoje desfraldo
A Bandeira Brasileira.
Da Pátria evoca a grandeza,
Ame o Hino Nacional,
O Brasil é uma beleza,
Querida terra natal.
Desapareça a discórdia,
Vem curar e libertar.
Faze reinar a concórdia,
Vem de todo mal guardar.
Há paz, sorriso, esperança,
Doçura, carinho e bem...
No berço Jesus-criança
Na cidade de Belém.
Eu peço a Nosso Senhor
Segurança e Proteção,
Saúde, fé, paz, vigor,
Amor para o coração.

Ó Virgem, Nossa Senhora
Pede que Jesus fará.
Intercede sem demora
Como fizeste em Caná.

Por nossas casas andando
Nota o que falta Maria;
Ao Teu Filho suplicando,
TUDO, tudo ELE faria.

À Mãe, o Filho atendendo,
Se houver faltas, completar,
O mundo acabará tendo
Harmonia em cada lar.
Será feliz quem acata
Do Nazareno o sermão,
Quem de mãe Maria trata
E enxerga Cristo no irmão.
Amor é encanto, é magia,
Gera paz celestial.
Raiva é rancor, tirania
Que produz ódio mortal.
Bíblia, caminho e verdade
Que ensina o amor e o perdão;
Nos conduz à caridade
E à eterna salvação.

O amor sentimento nobre
É bem maior que a riqueza,
Só é feliz quem descobre
E sente no amor firmeza.

Sê jovial e sensata,
Anos jamais pesarão,
Jorrarão se fores grata
Juventude em profusão.
Bendita cheia de graça,
Radiante como o SOL,
Com Tuas Bênçãos me refaça.
Maria, tu és meu crisol!
Nem tudo na vida é riso!
Seja do jeito que for,
Pra ser feliz é preciso
Ser bom, fiel, ter amor.
Do caminho as emoções,
Tristeza, mágoa, alegria,
Coloque nos corações
De Jesus e de Maria.
Só Cristo e a Virgem Maria
Poderão nos ajudar,
A viver em harmonia
Neste sacrossanto lar.

De JESUS seguir os passos,
Viver bem, sem aflição,
Aos sorrisos e aos abraços,
Eis aí nossa missão.

Sempre verde, o verde quero,
Quero o azul bem mais azul...
Ave, flor, cor, paz, espero
Poder ver de Norte a Sul.

Fere tanto quanto espinho,
Mágoa que no peito mora.
Desaloje-a com carinho,
Pra ser feliz, jogue-a fora.

Acompanhe-nos MARIA
E o amado filho JESUS,
Com paz, saúde e alegria,
Plenifiquem-nos de luz.

Cativar criando laços,
Gostar de si e do irmão,
Unir-se deixando traços
De Deus, na alma e coração.

A amizade não tem preço,
Nada tem o seu valor.
É amar e ter apreço,
A exemplo do CRIADOR.

Ame sim, a Natureza!
Plante, cultive a semente,
Preserve, ó que beleza,
Será bom pra toda gente.

Contas de Luz pequeninas
São seus olhinhos Helena,
As janelinhas divinas
Por onde Deus nos acena.

Felicidade a supomos,
Mas nós nem sempre a alcançamos,
Querendo além nunca a pomos,
Nunca a pomos onde estamos.

Que menininha cheirosa,
É tão bom admirar,
Muito linda e caprichosa,
Com seus pais vai passear.

Ter na Escola compromisso,
É dever a se cumprir.
Não se pode escapar disso,
Precisa se instruir.

Olhe para cada lado
Para a rua atravessar,
Respeite os sinais, cuidado,
Para não se machucar.

Meu amor você merece
Muito carinho e atenção,
Retribuir engrandece
O seu nobre coração.

Ame a mamãe e o papai,
Ouça bem o som da vida...
Preste atenção, não distrai,
Sinta o quanto é querida.

Helena cuide-se bem,
Escove bem seus dentinhos,
Tome bons banhos também,
Penteie seus cabelinhos.

Ao fazer seu enxoval
Com muita satisfação,
Havia um manancial
De prazer e de emoção.

Pudesse, dar-te-ia a lua,
Não ouvir gemidos teus,
Toda festa seria tua,
Teus, seriam beijos meus.

Pudesse eu retirar
Do caminho o obstáculo...
Mas, só com o seu batalhar
Terá o seu sustentáculo.

Feche os olhos meu benzinho,
E dorme, dorme, neném...
Feche bem devagarinho,
Sonhe com o dia que vem.

Criança porvir da vida,
És hoje flor em botão,
Para vencer a corrida
Dê valor à Educação.

Plante sonhos de esperança,
Lute, não viva em quimeras,
Colha os frutos da bonança
Em perfeitas primaveras.

Nós, avós bem sorridentes,
Em atitude discreta,
Estamos muito contentes
Com a chegada da neta.

Recém-nascido é uma aurora,
Primavera e Renascer...
É um pequeno ser agora,
Amanhã vai florescer.

Aproveite bem a infância
Quadra tão boa da vida,
Mas em toda circunstância,
Seja, seja comedida.

Helena criança bela
Um doce botão em flor,
Uma perfeita aquarela,
Fonte abundante de amor.

Ao fitar o seu rostinho
Sinto o amor que irradia-
Paz, ternura, fé, carinho,
Confiança e alegria.

Ter este meigo brotinho
É deter maior dos bens...
Escutem meu segredinho:
Estamos de parabéns.

Ter de novo uma criança
É um toque de magia,
Graça que se alcança,
Com a proteção de Maria.

Qual Fênix renascida
Colho amor a cada aurora,
Helena trouxe-me vida
E o vigor que tinha outrora.

Helena é meu doce encanto,
netinha linda e querida.
Como posso amá-la tanto?
Ela é um marco em minha vida.

Ó Helena a desejamos,
Muito bom vê-la nascer...
Nós queremos, confessamos,
Vê-la robusta crescer.

Quanto orgulho e esperança
Nos olhos plenos de brilho,
Abraçar uma criança
Que é filha do meu filho.

Nascimento é coisa linda,
Famílias em comunhão,
Compromisso que não finda:
A importância da união.

Mãe és símbolo do amor
Só em ti eu confiarei.
Teus lábios são como a flor,
A ti eu sempre amarei.

És meu bem. Só a ti amo
Com toda sinceridade.
Peço a Deus de ti reclamo
Amor e felicidade.
Apenas menina eu era
Tinha um sonho, sonho em flor,
De ouvir-te dizer-me, Vera
És meu bem, és meu amor.

Veja só, chegou agosto
Para nós, mês de fulgor,
Poi nele com tanto gosto
Começou o nosso amor.

Querido quando te vejo
Sinto-me como no céu...
Fico louca com teus beijos
Que são adorado troféu.

Estou certa nesta vida
Ninguém te amou como eu,
Aos teus beijos dei guarida,
Ao teu abraço uni o meu.

De ti tenho muito ciúme,
Até do vento a soprar,
Das canções que com queixume,
Possas parar pra escutar.

Seus ciúmes eu entendo,
Das minhas pobres poesias...
Ao contrário eu sofrendo,
De ciúmes morreria.

Do feio, o bonito fala
Em questão que muito dura,
O pobre ao rico se iguala
No fundo da sepultura.

Prendemo-nos à beleza,
À matéria e a muito mito,
Louvemos a Realeza
De Deus com amor irrestrito.

Tenho certeza na vida
Ninguém é feliz como eu...
Tenho pérola querida,
Boa irmã, que Deus me deu.

Nos instantes de amargor
A Cristo suplico luz,
Foi quem em nosso favor,
Morreu pregado na cruz.

Tenho certeza na vida
Ninguém é feliz como eu...
Tenho pérola querida,
Boa irmã, que Deus me deu.

Nos instantes de amargor
A Cristo suplico luz,
Foi quem em nosso favor,
Morreu pregado na cruz.

Primavera, Primavera!
De brotos e verdes ramos,
No verão, outono e inverno,
Por ti, todos esperamos.

A inveja é tão grande mal
Que massacra o ser humano.
Inda existe um olho tal
Que nos causa muito dano.

Adélia a mestra que um dia
Foi fé, coragem e amor,
Dos canteiros de Maria
Agora é a mais fina flor.

Se de versos fosse a guerra,
Se canhões soltassem flores,
Por certo seria a Terra,
Feita de paz, luz e amores.

Escrevo , faço cantiga,
De saudade e ardente amor,
Desejando que eu consiga
Recheá-la de esplendor.

Saudade doce agonia,
Floresce nos corações...
Nos jardins doce alegria,
Simbolizando paixões...

Felicidade a supomos,
Mas nós nem sempre a alcançamos,
Querendo além nunca a pomos,
Nunca a pomos onde estamos.

Sonho sempre com o que quero,
Farei real a esperança,
Pacientemente espero,
Quem espera sempre alcança.

Cativar criando laços,
Gostar de si e do irmão,
Unir-se deixando traços
De Deus, na alma e coração.

Fere tanto quanto espinho,
Mágoa que no peito mora.
Desaloje-a com carinho,
Pra ser feliz, jogue-a fora.

Nem tudo na vida é riso!
Seja do jeito que for,
Pra ser feliz é preciso
Ser bom, fiel, ter amor.

Maquiei-me com sorriso,
Minha alma enchi de fervor,
Fiz do meu lar, paraíso,
Um cantinho acolhedor.

O amor sentimento nobre
É bem maior que a riqueza,
Só é feliz quem descobre
E sente no amor firmeza.

Os pombinhos arrulhando
Voltando a tarde ao pombal,
São como nós namorando
Em encontro vesperal.

Sempre estamos satisfeitos
Sem aflição e amargor,
Guardamos em nossos peitos
A canção de um grande amor.

Suspiro feliz, bem quieta,
Num cantinho acolhedor,
Guardo em minha alma poeta
Lembranças do nosso amor.

Ao tão querido papai,
Melhor papai deste mundo,
O meu carinho aqui vai,
Com meu amor mais profundo.

Esposo amado, és meu tudo,
Mesmo (MÃE), e ainda vai:
Amigo, irmão, sobretudo,
Para mim tu és um PAI.

Na VIA-LÁCTEA inteirinha
Maior beleza é a união,
Pois uma estrela sozinha
Não será tão bela não.

Quem é capaz não compete,
O Inspirado não copia.
É MÁQUINA que repete,
ARTISTA, é aquele que cria.

Nas ARTES principalmente
É triste a competição,
Pois sabe o que tem SÃ MENTE,
Vem do ALTO a inspiração.

O bom é deixar que aflore
Espontânea a inspiração,
E a união de ASTROS decore
Em bela CONSTELAÇÃO.

Deus criou em um momento
A mulher, a flor humana,
Para dar prosseguimento:
É dela que a vida emana.

MÃE! Três letrinhas somente,
Grandioso nome que faz
Encher a vida da gente
De carinho, amor e paz.

Mãe, maravilha querida,
És toda amor e emoção.
Queremos-te toda vida
Bem dentro do coração.

Tenho um lindo namorado!
Um tesouro!... Sendo pois,
Especial, tão amado,
Vale mais, vale por dois.

Será feliz quem acata
Do Nazareno o sermão,
Quem de mãe Maria trata
E enxerga Cristo no irmão.

Que te chegue em carreata
Saúde, paz e afeição,
Tenhas sempre nesta data
Muito amor, muita emoção.

Amor é encanto, é magia,
Gera paz celestial.
Raiva é rancor, tirania
Que produz ódio mortal.

Revoltado o adolescente
Acha o seu pai um quadrado.
Só quando é pai, ele sente
E vê o quanto estava errado.

São as brigas de casal
Tempestades de verão.
Um beijinho, coisa e tal,
Ligeirinho elas se vão...

Bíblia, caminho e verdade
Que ensina o amor e o perdão;
Nos conduz à caridade
E à eterna salvação.

Natal festa esfuziante
De sentidos desviados,
Que ao aniversariante
Os olhos sejam voltados.

Nem compras e nem presente,
De ouro ou prata que reluz,
Nada, nada fará frente
Ao NATAL do meu JESUS.

Festa no céu e na terra,
Festa de cor e de luz...
Toda beleza se encerra:
Em Belém nasceu Jesus.

Branco, negro, rico ou pobre,
Vamos unir nossas mãos...
O manto do Pai nos cobre,
Nós somos todos irmãos.

Ó Virgem, Nossa Senhora
Pede que Jesus fará.
Intercede sem demora
Como fizeste em Caná.

A natureza se enfeita!
De cor, flor, tudo se fez...
Nos encanta e nos deleita,
É PRIMAVERA outra vez.

O tempo passa mas deixa
Saudade e terna lembrança...
Muitas histórias enfeixa
Dos bons tempos de criança.

Há paz, sorriso, esperança,
Doçura, carinho e bem...
No berço Jesus-criança
Na cidade de Belém.

NATAL é Jesus nascendo
Em mim e em ti meu irmão.
Fraterno-Amor florescendo,
Vibrando no coração.

Ano Novo, Vida Nova,
Plena de amor e ternura...
Caminho que se renova
Em Jesus, fonte segura.

Uma LUZ em minha vida,
Carinho que em mim fervilha,
Amiga, MANA querida,
Um misto de MÃE e FILHA.

     

Slide Down Menu HTML by Css3Menu.com